Depilação a laser e depilador elétrico! Do purgatório ao paraíso

(post de menina)   🙂

Não vim aqui fazer apologia à depilação. Cada um faz o que quer. Mas se você não curte pelos vamos ser amigas e trocar uma ideia. Enumerei rapidamente minha visão sobre cada tipo de depilação:

Cera quente: Não tenho paciência com salão de beleza, nem para esperar os pelos crescerem para depilar. Além disso, acho que dói demais, é desconfortável e não resolve o problema.

Lâmina: Sempre achei lâmina muito mais prático, rápido, barato e indolor. Resolve o problema em dois minutos. As desvantagens, porém, são várias: escurece a pele, pode encravar e os pelos crescem muito rápido e grossos (mas isso tem um lado bom e contarei mais abaixo).

Folhas depilatórias: são práticas porque não precisamos sair de casa, mas é um saco. Eu usava o ferro quente para esquentá-las, mas acabava perdendo muito tempo, fazendo muita bagunça e tinha que completar a depilação com a pinça. Chato.

Pinça: Se você for contorcionista e tiver muita paciência, boa sorte.

Laser: É VIDA, É AMOR! <3 Todo mundo merece esse alívio. A depilação a laser não extermina todos os pelos definitivamente mas reduz drasticamente e com manutenções periódicas e beeem espaçadas o problema está resolvido. O que mais uma mulher pode querer? PORÉM… você não achou que ia se livrar dos pelos facilmente, NÉ? Dói. Mas dói, mas dóoooooooooi…. A primeira vez que fiz quase morri. Suei tanto que colei no papel que recobria a cama. Me senti numa mesa de tortura. Quando acabou a sessão, saí meio desorientada pela rua, querendo contar meu sofrimento para o mundo. Mas cada pessoa reage de um jeito. Tenho amigas que sofreram bem menos do que eu. FATO: Sofri mas valeu a pena e faria tudo de novo. DICA: Existem pomadas anestésicas que podem ajudar: Usei uma genérica de Lidocaína que custou menos de R$ 10,00 e foi supimpa. DINHEIRO: A desvantagem da depilação a laser era o preço, mas hoje voce já encontra preços super em conta.

OBS: o lado bom de quem sempre usou lâmina e resolve fazer depilação a laser é que os pelos grossos respondem melhor ao tratamento. IMPORTANTE: Não confundir com fotodepilação. ORIENTAÇÃO: consulte um profissional, cada pele reage de um jeito.

Depilador elétrico: A depilação a laser nas pernas fica muito cara e se você, assim com eu, tem outras prioridades para fazer com seu dinheiro, recomendo o depilador elétrico. Dói um pouco, no início, mas a gente acostuma muito rápido. Ele deixa o pelo bem fininho e alguns podem ser usados até debaixo do chuveiro. Recomendo também que as amigas esfoliem as pernas no mínimo duas vezes por semana para evitar aqueles pelos encravados chatéeeeeerrimos.

Meu depilador elétrico é este: Depilador Seco & Molhado Satinelle HP6521 Philips / Branco / Bivolt. Na descrição diz que ele possui discos hipoalergênicos com íons de prata, seja lá o que isso queira dizer. Custou caro mas está valendo a pena.

Depilador Seco & Molhado Satinelle HP6521 Philips – Foto: Divulgação

OBS: Para nós que adoramos viajar, esse depilador é um ótimo companheiro, fácil de carregar e prático.

Com o laser e esse depilador elétrico acabou aquela função chata de marcar hora em salão de beleza e blá, blá, blá… Você vai estar sempre pronta para ir à piscina, deixar as pernas à mostra e o que mais você desejar.