QUE MALA! Tudo que você precisa saber sobre bagagem na hora de viajar

Toda vez que a gente vai viajar de avião bate aquela dúvida: quantos quilos posso levar na minha mala? A minha dica é levar o mínimo possível pra poder trazê-la bem cheia na volta risos risos risos! Convenhamos: os produtos fora do Brasil são muito mais baratos. Vale a pena deixar de comprar aqui, juntar o dinheiro e se jogar nas compras durante uma viagem.

Foi o que fiz na Europa. Comprei tanta coisa, mas tanta coisa, que tive que adquirir também uma nova mala para caber tudo. Só que eu me esqueci de um pequeno detalhe: o peso. Por pouco, aliás, por camaradagem da moça que me atendeu no despache de bagagens, não tive que pagar pelo excesso de peso. E eu teria que pagar em libras! Bendita seja essa mulher. Eu devia ter mandado uma cesta de café da manhã como agradecimento. Ela me orientou a transportar peso de uma mala para outra. Só deu eu lá no meio do aeroporto, com duas malas abertas no chão passando bota pra um lado, tênis pra outro.

CIMG5125

Pode ser que o funcionário da companhia aérea que te atenda não seja tão legal ou, mesmo que seja, para você não precisar passar esse constrangimento conheça as regras da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC):

Voos nacionais:

Até 23 kg em aeronaves acima de 31 assentos;

Até 18 kg em aeronaves de 21 a 30 assentos;

Até 10 kg em aeronaves de até 20 assentos.

Voos para países da América do Sul: Uma bagagem de até 20 kg.

Voos para demais países: Duas bagagens de até 32 kg.

É bom salientar que a regulamentação brasileira aplica-se aos voos com origem e retorno à terras tupiniquins. Para os voos que saem do exterior, aplicam-se normas do local de origem da viagem. Portanto, verifique com a empresa aérea em questão.

ATENÇÃO: Veja a regra para quando a viagem internacional incluir um trecho doméstico: quando as passagens aéreas, tanto para o voo nacional quanto para o voo internacional forem conjugadas, ou seja, quando houver apenas um contrato de transporte (mesmo se forem de empresas diferentes), o passageiro terá direito à franquia de bagagem do destino internacional; Quando as passagens não forem conjugadas, ou seja, quando houver contratos de transporte distintos, o passageiro terá direito à franquia de bagagem nacional no trecho nacional e à franquia de bagagem internacional no trecho internacional.

OBS: Artigos esportivos em geral (prancha de surfe, bicicleta etc.), instrumentos musicais e outros tipos de bagagem especial deverão ser incluídos na franquia, da mesma forma que uma bagagem comum.

BAGAGEM DE MÃO

Em voos nacionais, o peso total da bagagem de mão não pode exceder 5Kg e a soma de suas dimensões (comprimento + largura + altura) não deve ser superior a 115cm.

Em voos internacionais, verifique as limitações junto à empresa aérea.

O QUE NÃO LEVAR: artigos classificados como perigosos para o transporte aéreo deverão ser descartados. Não é permitido levar bebidas, shampoos, cremes, perfumes, loções, cosméticos, spray de cabelo, creme dental, desodorantes, objetos pontiagudos como: faca, canivete, estilete, etc. Fósforos e isqueiros cujo combustível seja gás, tipo maçarico não podem ser transportados no interior de bagagens de mão e/ou bagagens despachadas.

Passageiros com destino aos Estados Unidos podem portar um isqueiro (cujo combustível seja fluido). No aeroporto de Tokyo, me deixaram embarcar com um isqueiro e recolheram os outros que eu comprei para presentear alguns amigos.

No site do Aeroporto de Guarulhos tem mais informações sobre o que não levar na bagagem.

O QUE LEVAR: recomenda-se transportar objetos de valor como joias, papéis negociáveis, dinheiro e eletroeletrônicos na bagagem de mão.

CIMG5124

EXTRAVIO DE BAGAGEM

Se essa falta de sorte te ocorrer a orientação é procurar a empresa aérea imediatamente ou em até 15 dias após a data do desembarque. Com o comprovante de despacho da bagagem em mãos você vai relatar o fato em documento fornecido pela empresa. Se a empresa achar sua bagagem vai mandar entregar na sua casa. A bagagem pode permanecer na condição de extraviada por até 30 dias (voos nacionais) e 21 dias (voos internacionais). Se a empresa não localizar sua mala você tem direito a indenização.

BAGAGEM DANIFICADA

Relate o fato à empresa aérea logo que notar o problema preferencialmente na sala de embarque. Mas se você for distraído e perceber o defeito só em casa você tem 7 dias para reclamar. É indicado registrar ocorrência na polícia em caso de violação de bagagem.

POSSO LEVAR MEU AU AU?

Se você não quer deixar seu cachorrinho para trás verifique com a companhia aérea as regras para o transporte de animais domésticos. Você poderá ter autorização para levá-lo com você ou no porão da aeronave (ai que dó, tadinho). Também é preciso checar as exigências do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Para mais informações consulte o guia do passageiro da ANAC:

No Manual do Viajante da Cabrita tem todas as dicas para você fazer sua viagem internacional com tranquilidade.

Agora que você já sabe disso tudo o que eu posso fazer é desejar uma boa viagem. Au revoir!