Japan Rail Pass – O melhor amigo do turista que viaja pelo Japão

Durante minha viagem pelo Japão fiz bastantes deslocamentos de Shinkansen (trem-bala) e trem metropolitano (bastantes é correto, pode pesquisar). Fui de Tóquio para Quioto, de Quioto para Tóquio, de Tóquio para Hiroshima, de Hiroshima para Tóquio. Voltei de Odawara (onde fui ao Monte Fuji e a Hakone) e fiz um deslocamento até Nara. Tudo isso por um preço fixo.

Como assim? Que feitiçaria é essa?

Chama-se Japan Rail Pass!

Japan Rail Pass com nome e data de validade

Se você for um visitante temporário a fim de explorar as cidades da terra do sol nascente você já cumpre os requisitos para obtê-lo por 7, 14 ou 21 dias. Quem mora no Japão dançou, não pode. Ele nem é vendido por lá. Tem que comprar no país de origem antes de viajar. Quando fui, em 2013, optei pelo passe ordinary (econômico de 7 dias) e paguei U$ 311 por ele, na cotação da época foi R$ 640,00. Comprei por meio de uma agência de São Paulo, a Century Travel e Turismo Ltda (telefone: 011-3207-32644).

Nos dois sites que encontrei os valores estão mais em conta: jrpass.com/pt-pt e japan-rail-pass.pt mas eu não sei porque cargas d’água eu resolvi comprar via agência.

Para ver se valia a pena adquirir o JR Pass, que apelidei carinhosamente de Júnior Pass, fizemos a seguinte conta (com valores da época): o trem-bala entre Tóquio e Quioto custava R$ 294,80 e entre Hiroshima e Tóquio: R$406,31. SÓ IDA. Ou seja, se eu fosse a Hiroshima sem o passe, na volta já pagaria o Júnior Pass e ainda sobraria um trocado. (cotação utilizada: 1 real = 43,11 ienes)

Resumindo, vale a pena demais !

DETALHES:

O Júnior “ordinary” dá direito ao Shinkansen (exceto o super-expresso Nozomi) e a todas as linhas JR no Japão. Vale também no Tokyo Monorail e algumas linhas Aomori Railways. Não cobre o metrô, aí também já é pedir demais, né parceiro?

Quando comprei me pediram o passaporte com visto japonês, portanto é necessário já ter o visto provando que você é um ‘turista temporário’ em solo nipônico. (Não tire o visto com muita antecedência porque a validade dele é curta, de 90 dias). Veja aqui como tirar o visto japonês.

Com o Júnior Pass em mãos você não precisa nem passar na catraca das estações. Você passa por uma cabine ao lado, um japa dá uma olhadinha de canto de olho (quando olha! Fui ignorada várias vezes) e você segue caminho feliz.

Boa viagem e aproveite feliz o transporte rápido, limpo e pontual, um pouco diferente do que você está acostumado. Divirta-se no Shinkansen!

Meus vexames no Shinkansen você confere no post Coisas que não devemos fazer no Japão!  😀

CURIOSIDADE: O Shinkansen pode alcançar até 300 km/h. No video abaixo dá pra ter uma noção da velocidade: