Dia 4 – Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana, Feira de Artesanato Santa Lucia, Providencia e Bairro Itália

Nosso quarto dia em Santiago do Chile começou na região central. Tínhamos um roteiro em mente que acabou virando do avesso e fizemos outro completamente diferente. Começamos com o pé direito visitando o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana.

É impressionante e um mergulho na história com peças de deixar qualquer antiquário com inveja. Algumas são de mil anos antes de Cristo! Vale um post especial e será feito quando eu retornar ao Brasil. Infelizmente a parte mais linda (na minha opinião) não pode ser fotografada que são os tecidos confeccionados pelos povos originários.

CIMG0720 CIMG0742 CIMG0750

Palácio de los Tribunales de Justicia

O Museu fica em frente ao Palácio de los Tribunales de Justicia, sede do Supremo Tribunal e do Tribunal de Apelação de Santiago. O prédio de arquitetura neoclássica com inspiração francesa foi declarado Monumento Nacional na década de 70. Aproveitei para tirar uma foto. Infelizmente estava em obras e não deu para fazer uma visita interna.

CIMG0703
Tribunales de Justicia

Feira de Artesanato Santa Lucía

Já tínhamos ouvido falar sobre a Feira de Artesanato Santa Lucía e resolvemos passar lá para conferir os preços e os produtos oferecidos. Tem muita coisa interessante, bom para comprar lembrancinhas, roupas de frio, sapatos de couro, etc. Se você estiver na calçada do lado do Serro Santa Lucía use a estação do metrô para atravessar a Avenida Libertador Bernardo O’Higgings.

CIMG0751
Feira de Artesanato Santa Lucía
CIMG0754
Feira de Artesanato Santa Lucía

Feira Permanente dos Livros Usados

Seguimos para o bairro Providencia. Como meu marido é apaixonado por livros decidimos ir à Feira Permanente dos Livros Usados. O endereço é Avenida Providencia 1114. Aqui, o Gui comprou o décimo livro dessa viagem. Risos.

CIMG0759
Feira Permanente dos Livros usados

CIMG0762

Bairro Itália

Como tínhamos amado o Bairro Paris-Londres, quando li sobre o Bairro Itália imaginei que encontraria o próprio Papa lá. Fiquei doida para conhecer! Mas acho que fui com muita sede ao pote. Para chegar, usamos o metrô (abarrotado de gente) e descemos na estação Santa Izabel, linha verde.

CIMG0779
Metrô no horário de rush

CIMG0802

Posso dizer que não foi nada do que eu esperava. Li elogios cheios de superlativos e o que achei de mais pitoresco no bairro foi o tanto de oficina mecânica que tem a cada quarteirão. Tem muitas lojas de decoração, móveis e antiguidades.

A rua tem algumas galerias ‘escondidas’, algumas levam à bares e restaurantes. Ou seja, tem que fuçar para achar as coisas pitorescas. Assim eu encontrei o Pátio Avenida Itália, realmente um lugar muito legal. Mas no geral não recomendo. Vá apenas se tiver muito tempo sobrando para bater perna por Santiago.

CIMG0786
Pátio Avenida Itália
CIMG0792
Lojas de móveis
CIMG0800
Tem muitos ciclistas na região

E assim fechamos esse terceiro, muito mais ainda está por vir!