Morando no Canadá – Da série “Vou embora do Brasil”

“Se aqui não é o paraíso, com certeza é o lugar mais próximo do paraíso que alguém pode chegar. E a verdade é que viver em um lugar tão lindo como este torna todo o resto muito mais fácil” – Carina Barros

Oiê!!! Cada vez que faço um post da série “Vou embora do Brasil” eu fico com vontade de comprar minha passagem, arrumar minhas malas e embarcar no primeiro avião com destino ao país em questão. Dessa vez, meu alvo é o Canadá!!! O Blog ganhou uma colaboradora muito especial: a Carina Barros, que mora em Vancouver. Ela é autora do blog Outside Brazil , que dá dicas super bacanas para quem quer morar ou passear por lá. Neste texto, ela conta a experiência de morar fora. Tenham uma boa leitura! 😉

Por Carina Barros

Morar em Vancouver é tudo de bom! A cidade é maravilhosa, possui um cenário de tirar o fôlego e, por ser uma cidade muito turística, por muitas vezes me sinto de férias. Na verdade acho que os meus amigos no Brasil acham que eu estou em férias eternas!! Hehehehe não é difícil eu receber comentários do tipo: ‘Nossa mas que vida boa, heim!’ ou ‘Nossa, cada lugar lindo… Trabalhar que é bom nada, né!!’.

Foto 4_ Primavera
Primavera. Foto: Gabriel Barros

A verdade é que aqui, diferentemente do Brasil, eu resolvi dar mais prioridade para a minha qualidade de vida. Eu saí de São Paulo – onde eu trabalhava das 9h as 20h e perdia mais 3 horas no trânsito somente para ir e voltar do trabalho – por Vancouver – uma cidade onde eu não perco tempo no trânsito, posso ir almoçar ao ar livre em uma praça, posso sair do trabalho as 16h da tarde e curtir uma praia e posso explorar toda a cidade à pé sem problema nenhum.

A verdade é que, quando você mora em outro país, você fica muito alheio ao que acontece em seu próprio país. Apesar de você saber de todos os problemas, estes passam a ser a sua conversa em roda de amigos brasileiros, porém é a mesma coisa que falar de futebol, da novela das oito… Os problemas se tornam distantes e você não tem aquele envolvimento de quando você vive no Brasil. E a verdade é que é muito bom estar longe de todos esses problemas.

Foto 3_Outono
Outono. Foto: Gabriel Barros

Estive no Brasil o ano passado e, dirigindo em São Paulo, naquele trânsito infernal, eu só pensava em como consegui passar (perder) tanto tempo da minha vida ali?! E me sentia feliz por não ter mais que viver aquela rotina.

Viver em Vancouver, é conviver com várias culturas diferentes e aprender a respeitar todas elas. O Canadá como um todo é um pais formado por imigrantes, então pelas ruas eu ouço vários idiomas, vejo pessoas que vieram de todas as partes do mundo. Então o mais essencial para essa boa convivência é: ter à mente aberta e livre de qualquer preconceito, porque aqui as pessoas se respeitam acima de tudo! Claro que não é o país das maravilhas, tem os seus problemas, afinal nenhum lugar é perfeito.

Foto 2_Inverno
Inverno. Foto: Gabriel Barros

Vancouver tem muitos mendigos, tem muita gente preconceituosa, tem uma parte da cidade que podemos comparar com a cracolândia em São Paulo, tem ladrãozinho bate-carteira, aqui acontecem crimes, assaltos, etc. Às vezes vejo depoimentos de brasileiros nos grupos do Facebook dizendo ‘Gente, fui assaltada, tô chocada! Como isso aconteceu comigo aqui em Vancouver? Ainda se fosse no Brasil eu entenderia, mas aqui!?!?!’. Muitas pessoas acham que a vida no exterior é perfeita e saem pelas ruas sem tomar qualquer tipo de cuidado como se nada de errado fosse acontecer! Vancouver é uma cidade super segura, mais isso não quer dizer que não tenhas ocorrências.

Decidi vir para Vancouver em 2012. Vim para estudar em uma universidade, porém já focada em imigrar – estava decidida a ficar por aqui para sempre (opa… sempre é muito tempo) -. Não sei qual será a minha próxima mudança hehehehe acho que quando você sai do seu país, você acaba virando um cidadão do mundo e mudanças grandes já não te assustam mais. Hoje tenho a mente muito mais aberta e se tivesse que encarar uma outra mudança para outro país seria fácil, fácil!

Foto 5_ Verão
Verão. Foto: Gabriel Barros

O que motivou a minha saída do Brasil não foi somente todos os problemas que o meu país possui, acredito que isso somente deu um impulso para a minha vontade louca de explorar, de conhecer outros lugares. Embora eu não me veja voltando para o Brasil, eu não descarto essa possibilidade, afinal lá sempre será a minha casa, o meu país!!! Morar fora não é fácil e não é para qualquer um. Já conheci tanta gente que veio determinada a ficar e voltou em um ano ou menos; tanta gente aqui que está mega infeliz de estar aqui, porém só não volta por questões de orgulho, para não passar a imagem de que não deu certo lá fora!

Viver como um imigrante é ter que provar o tempo todo que você pode ser tão bom quanto um nativo, ou até melhor. Conseguir o seu lugar ao sol é uma batalha constante e ainda tem os problemas de adaptação, da língua, toda a saudade da família e dos amigos e todas essas coisas que, quando você está se planejando para mudar não são pesadas na balança, porém quando você está fora vivendo o dia-a-dia você percebe que essas coisas pesam mais do que se imaginava. Apesar de tudo, a minha experiência aqui tem sido muito boa.

Vancuver_Sunset
Pôr do sol em Vancouver. Foto: Gabriel Barros

Vancouver é uma cidade linda, porém não é somente a cidade, a província de British Columbia é maravilhosa, tem uma natureza exuberante. Eu sempre digo: se aqui não é o paraíso, com certeza é o lugar mais próximo do paraíso que alguém pode chegar. E a verdade é que viver em um lugar tão lindo como este, torna todo o resto muito mais fácil.

Ah é isso, nos vemos por ai em algum lugar do mundo!!

Carina Barros

Vancouver_night
Noite em Vancouver. Foto: Gabriel Barros

Se você quiser saber mais sobre o Canadá, siga o blog da Carina, o Outside Brazil.