A cultura da Etiópia retratada em BH

Em série, que será exibida na av. Nossa Senhora do Carmo, fotógrafo espanhol apresenta tribos contemporâneas

Quem passar pela av. Nossa Senhora do Carmo, na região centro-sul de BH, vai se surpreender com a nova exposição no mural Templuz. Três diferentes tribos da Etiópia foram retratadas pelo fotógrafo espanhol Sérgio Carbajo e serão exibidas, uma a cada mês, na série Tribos Contemporâneas. “As imagens são incríveis, estava difícil escolher apenas uma, então, escolhemos um número maior de fotografias do mesmo autor”, conta Camilo Belchior, design estratégico da Templuz.

Mural Templuz_Sérgio Carbajo
Regia Suri Sisters. Foto: Sérgio Carbajo

A primeira foto da série foi clicada numa vila chamada Regia, em uma região remota no sul da Etiópia, e retrata duas irmãs da tribo Suri. “As pinturas corporais são uma forma de expressão cultural entre os habitantes ”, destaca Carbajo.

O espanhol, que mora em Barcelona, é engenheiro e se dedica a fotografar novas culturas nas horas livres. Para conhecer a fundo o modo de viver dos personagens, ele acampou nas vilas onde se localizavam as tribos. “Uma ou duas vezes ao ano, tenho a necessidade de conhecer diferentes culturas, tirar fotos e me colocar em contato com o mundo e suas pessoas”, revela.

Mural Templuz

Mural Renata Rubim
Mural Templuz – Foto: Divulgação

Criado em setembro de 2011, o projeto busca democratizar o acesso à arte de qualidade e colocar um pouco mais de cor na rotina corrida e cinzenta da capital mineira. Para quem está parado no trânsito de uma das avenidas mais movimentadas de BH, os mais de 30 trabalhos já expostos no mural, de seis metros de altura, têm sido um presente para os olhos dos motoristas. O mural é montado por uma equipe de rapel e pode ser visto no paredão da Templuz, que fica na av. Nossa Senhora do Carmo, 1150.

Serviço:
Data: de 22 de agosto a 19 de setembro de 2015
Horário: diariamente, todos os horários.
Local: Av. Nossa Senhora do Carmo, 1150, Sion.