Trem de passeio vai impulsionar turismo em Minas Gerais ligando Cataguases (MG) à Três Rios (RJ)

O trem terá de oito a dez vagões e dois restaurantes; a capacidade inicial é de 240 pessoas e o preço estimado da passagem é de R$ 40 a R$ 50

O turismo dos estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro vai ganhar, em breve, uma atração a mais: o Expresso Trem da Terra, fruto da iniciativa de voluntários, empresários e autoridades desses locais. O trem turístico deve entrar em operação no primeiro semestre de 2016 e vai ligar a minha cidade natal Cataguases, na Zona da Mata, à Três Rios (RJ), passando por outros seis municípios.

Foto: Pixabay / Divulgação
Foto: Pixabay / Divulgação

Quem me contou foi minha tia avó, que me ligou ontem à noite para recomendar atenção às notícias de hoje. Ela também disse que ia montar uma dupla sertaneja para cantar dentro do trem em todas as viagens. Morei em Cataguases por 17 anos e acostumei com o trem passando dentro da cidade. Já tentei pegar carona para ir à escola e já esperei pacientemente que todos os vagões passassem apenas para colocar a mão nos trilhos e descobrir se esquentava – não esquenta. Este ano, o nosso trem foi desativado e ficou uma sensação de vazio. Fico feliz em saber que, em breve, ouviremos seu apito novamente.

Segundo a reportagem do jornal O Tempo, as viagens serão realizadas nos fins de semana e feriados, duas vezes ao dia, e terão cinco horas e meia de duração. O trecho de 180 km inclui ainda as cidades de Recreio, Leopoldina, Volta Grande, Além Paraíba, Chiador – em Minas – e Sapucaia (RJ). O trem terá de oito a dez vagões e dois restaurantes. A capacidade inicial é de 240 pessoas, e o preço estimado da passagem é de R$ 40 a R$ 50 por viajante.

Agora resta esperar que a burocracia e a má vontade política de alguns não atrapalhem o andamento deste belo projeto.