Cantata de Natal da ALMG reunirá 20 corais e trezentas vozes

A 9ª edição da Cantata de Natal da ALMG será realizada no Hall das Bandeiras

Eu adoro o Natal e alguns eventos da programação natalina de Belo Horizonte eu acompanho todos os anos. Um deles é a inauguração da iluminação da Praça da Liberdade. O outro é a Cantata de Natal da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que será realizada na próxima quarta-feira (2/12/15), às 19 horas, no Hall das Bandeiras.

Trezentas vozes, 20 corais e 18 regentes participam da apresentação, que será marcada, neste ano, por clássicos natalinos dos séculos XVII, XVIII e XIX. Também farão participações especiais no espetáculo a Orquestra de Câmara Opus, o cravista Antônio Carlos de Magalhães, a soprano Andrea Peliccioni e o tenor Júlio César de Mendonça. O evento terá entrada gratuita.

Arquivo/ALMG - Foto: Sarah Torres
Arquivo/ALMG – Foto: Sarah Torres

Corais

Os corais que participarão do evento são o Coral da ALMG, Coral da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB-BH), Coral do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Coral Canarinhos de Itabirito, Coral Cidade em Canto, Coral Contas & Cantos, Coral da Copasa, Coral Imprensa (ABT), Coral Jovem Sesc, Coral dos Correios Vozes de Minas, Coral do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg), Coral do Ministério Público de Minas Gerais, Coral Encanto das Gerais, Coral Jovens Cantores do Instituto de Educação de Minas Gerais, Coral Júlia Pardini, Coral Trem das Vozes (AEPS), Coral Vozes da Liberdade (MPF/MG), Coral Vozes das Gerais (INSS/Receita Federal BH), Coral Vozes na Estrada (DER) e Madrigal Cura D’Ars.

Regentes

Como regentes, teremos os maestros Arnon Oliveira, Cleude William, Daniel Rezende Lopes, Éric Lana, Geraldo José Ferreira, Guilherme Bragança, Leonardo Cunha, Marco Antônio Drumond, Paulo Ricardo Costa, Robson Lopes, Rodrigo Garcia e Sérgio Canedo. Também teremos as maestrinas Cristina Bello, Eliane Fajioli, Elza do Val Gomes, Flávia Campanha, Karina Haddad e Vivian Assis.

Repertório

Dentre as novidades da apresentação deste ano destacam-se “Tu scendi dalle stelle”, música composta por Santo Afonso Maria de Ligório, um dos autores católicos mais lidos e também o santo padroeiro dos confessores. Outra canção é “Tollite Hostias”, do compositor francês Charles-Camille Saint-Saëns, que também compôs a ópera Sansão e Dalila.

“Betelehemu”, de Wendell Whalum, é uma das canções mais novas do repertório, composta na década de 1960 e baseada numa canção de natal nigeriana. A música será executada em sua língua original, o iorubá, idioma que foi trazido por escravos africanos ao Brasil e que deu origem a diversas palavras da nossa língua, como “acarajé” e “orixá”.

Também serão apresentadas “Adeste Fideles”, de John F. Wade; “Transeamus”, de Joseph Schnabel; “Noite Azul”, de Clecius e Cavalcanti; “Eis dos Anjos a Harmonia”, de Mendelssohn; “Noite Feliz”, de Franz Gruber; “Baba Yetu”, de Christopher Tim; “Christmas Carol Festival”, de Leroy Anderson; “Canção dos Sinos”, de Mykola Dmytrovych Leontovych; “Pannis Angelicus”, de Cesar Franck; “Jesus Bleibet Meine Freude” (Jesus Alegria dos Homens), de J. S. Bach e “Halellujah”, de G. F. Haendel.

Fonte: ALMG