Em volta ao mundo, casal ensina a vencer o medo de dirigir e a conquistar sonhos

Mesmo com medo, Mariana Beluco e Plácido Salles decidiram realizar o sonho de dar a volta ao mundo de automóvel

Desde o dia 15 de novembro de 2015, Mariana Beluco e Plácido Salles estão na estrada. Com o objetivo de dar a volta ao mundo ao longo de 3 anos e meio, passando por 68 países e cerca de 170.000 km, em um projeto chamado de Livre Partida, o casal teve que passar por um processo de superação, já que Mariana tinha medo de dirigir. “Quando decidimos que iríamos realizar este sonho, percebi que teria que encarar de vez este problema”, conta Mariana, que já tinha carteira de habilitação, mas sempre conduziu automóveis com muito receio. O caso de Plácido era o oposto: apesar de não ter medo do volante, ainda não tinha passado pelas aulas na autoescola. “Não havia sentido a necessidade de dirigir antes”, conta.

Mariana Beluco e Plácido Salles. Foto / Divulgação
Mariana Beluco e Plácido Salles. Foto / Divulgação

Vencer o medo para realizar sonhos

Mariana conta que sempre teve medo das ruas e dos carros, mas encarava a necessidade. “Creio que seja algo de infância que eu sempre precisei enfrentar”, destaca. Tanto Mariana quanto Plácido são educadores do Método DeROSE, que consiste em uma proposta de estilo de vida que une técnicas e conceitos voltados ao desenvolvimento de boa qualidade de vida aos praticantes. “Além do conhecimento que temos sobre técnicas que ajudam a reduzir o estresse, também conseguimos compreender que teremos que conviver com o medo”, ensina a jovem.

Mariana Beluco e Plácido Salles. Foto/ Divulgação
Mariana Beluco e Plácido Salles. Foto/ Divulgação

A educadora conta que, ao definir a meta de dar a volta ao mundo, passou a dirigir de madrugada, quando há menos carros trafegando, para ganhar confiança. “Agora que estamos em viagem, eu já dirijo bem em estradas mais vazias, mas quando entro em rodovias cheias de caminhões, o medo vem”, relata. Plácido, que alterna no volante, diz que tem se saído bem mesmo sem tanta experiência. “Tive um aprendizado tranquilo, então consigo ajudar a Mariana nos momentos que são mais estressantes para ela”.

Por fim, Mariana dá dicas a quem tem medo de dirigir. “O grande problema é achar que um dia o medo vai embora”, conta. “O segredo é compreender que, se você tem medo de dirigir, ou de altura, ou de algum inseto, você vai precisar vencê-lo todos os dias”, destaca. Plácido sintetiza que, para Mariana realizar um sonho, precisou aprender a conviver com o medo, sabendo que ele sempre vai existir. “Acho que isso é um exemplo de como só conseguimos realizar nossos sonhos quando vencemos alguns temores”. E vencer o medo, como prova o corajoso casal, exige que se aprenda a conviver com ele.

(Via assessoria)