Feriado de carnaval é pura ilusão no Brasil

Período, incluindo a terça-feira, não é feriado, mas dia útil, segundo calendário nacional

Todo ano, a expectativa é grande. Antes mesmo do Carnaval começar, os foliões já ficam ouriçados com os ensaios dos blocos. Durante o carnaval, então, é festa todos os dias com blocos de manhã até a noite. E eis que, no meio do batuque, descubro que tudo não passa de uma ilusão.

Bloco de rua de BH / Foto: Leandro Couri
Bloco de rua de BH / Foto: Leandro Couri

A folga de carnaval, geralmente, começa no sábado e se estende até a quarta-feira de cinzas após o meio-dia (os mais folgados retornam só na quinta; muitos políticos só voltam na segunda). O que pouca gente sabe é que não há feriado nacional neste período. Até mesmo a terça-feira, que aparece sempre vermelhinha no calendário, é dia útil.

Resumindo: uma empresa que não dá folga para seus funcionários nesta época sequer tem que pagar hora extra.  O que ocorre na maior parte das vezes é que as empresas entendem que o carnaval é uma manifestação cultural e tradicional do brasileiro e optam por liberá-los (até porque nada funciona mesmo, nenhum negócio seria fechado, nenhum cliente seria localizado etc etc).

Sendo assim, para o carnaval ser considerado feriado, é necessário que o Estado ou o Município façam essa determinação por meio de lei. Nos últimos anos, Belo Horizonte considerou a terça-feira como feriado. Em 2016, entretanto, a prefeitura decretou ponto facultativo segunda, terça e quarta-feira (após as 14 horas). Dois milhões de foliões ocuparam lindamente as ruas da cidade!