Moradores reclamam do barulho causado pela coleta de lixo noturna

Atualmente, 89 bairros da capital mineira contam com o serviço realizado à noite

Os trabalhadores da limpeza urbana são fundamentais para o bem-estar da cidade e contagiam as pessoas com seu bom-humor e muita disposição para subir e descer as ruas, correndo e coletando sacolas de lixo. Desde o dia 26 de janeiro, a rotina de muito deles passou de diurna para noturna, com a alteração da coleta de resíduos para o período da noite em 50 bairros de Belo Horizonte. Para eles, a mudança foi positiva, uma vez que o trabalho passou a ser feito de forma mais rápida e segura, sem contar o acréscimo do adicional noturno.

Desde o dia 26/01, coleta é feita à noite em vários bairros da capital. Foto: SLU/Divulgação
Desde o dia 26/01, coleta é feita à noite em vários bairros da capital. Foto: SLU/Divulgação

Por outro lado, a alteração, que está atingindo cerca de 400 mil pessoas, desagradou muitos moradores. Eles entraram em contato com o blog dizendo que estão incomodados com o barulho causado pelo caminhão e pelos funcionários de madrugada. O serviço, que anteriormente era realizado a partir das 8h, passou a ocorrer a partir das 20h, sem hora para terminar. “Como estão passando num horário que não tem muito movimento nos bairros residenciais, o barulho está alto demais, tanto dos lixeiros conversando quanto do motor do caminhão”, reclama Bárbara Silva de Freitas, moradora do bairro Nova Floresta.

O representante comercial Eduardo Costa, morador do bairro Palmares, também está insatisfeito com a situação. “Eu gravei um vídeo meia-noite que mostra o barulho e a falta de respeito dos trabalhadores. Aqui no meu bairro, a coleta de lixo foi alterada para o horário da noite, porém, dentre os problemas causados, o barulho está atrapalhando o sono dos moradores do bairro. Espero que esse problema seja solucionado”, diz.
Justificativas
De acordo com o diretor de gestão e planejamento da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), Pedro Gasparini Heller, a mudança no horário da coleta em alguns bairros visa ganho de produtividade, menor impacto no trânsito e mais conforto e segurança para os trabalhadores da limpeza. “Essa coleta noturna já era praticada em 39 bairros de Belo Horizonte. Isso é uma tendência mundial. Fizemos um estudo e nos locais em que identificamos que haveria mais produtividade na coleta noturna, ela foi adotada”, explica.
Em relação ao barulho, Heller informa que os trabalhadores já foram orientados para gerar o menor impacto sonoro possível. “A coleta inicia as 20h em alguns pontos e pode ir até de madrugada. Portanto, a orientação é para gerar o menor impacto sonoro possível”.
Bairros com novo horário de coleta:
Alto Caiçara, Aparecida, Aparecida 7ª Secção, Boa União II, Caiçara, Caiçara Adelaide, Canadá, Carlos Prates, Colégio Batista, Concórdia, D. Joaquim (parte), Ermelinda, Esplanada (parte), Eymard (parte), Fernão Dias (parte), Floresta (parte), Graça, Horto, Ipiranga, Jardim Montanhês, Lagoinha, Maria Goretti (parte), Maria Virgínia, Monsenhor Messias, Nova Cachoeirinha, Nova Esperança, Nova Floresta, Novo São Lucas (parte), Ouro Minas (parte), Padre Eustáquio (parte), Palmares, Pirajá (parte), Pompeia (parte), Renascença, Sagrada Família, Santa Cruz, Santa Efigênia (parte), Santa Tereza, Santo André (parte), São Cristóvão, São Gabriel (parte), São Paulo (parte), Silveira, Sumaré, União (parte), Vila São Paulo.
Multa
O lixo deve ser colocado para fora das residências e estabelecimentos comerciais entre 19h e 20h. Quem for flagrado desrespeitando a recomendação pode receber uma multa no valor entre R$ 169 e R$ 5.072. Esta penalidade já estava prevista na Lei 10.534/2012 de Belo Horizonte.