Fotos Jomar Bragança/Divulgação

O modelo de sofá ideal para cada ocasião

Algumas dicas podem deixar este móvel mais convidativo tanto para os moradores quanto para as visitas 

Fotos Jomar Bragança/Divulgação
Fotos Jomar Bragança/Divulgação

Não existe uma casa sem sofá. Seja ela grande, pequena ou de campo, ele é um dos móveis obrigatórios que compõem a sala de estar e até mesmo outros ambientes, como quartos e varandas gourmet. Por isso, na hora de escolher o modelo, o primeiro passo é ficar atento ao tipo de uso que ele terá.

“Se for para a sala de estar, o sofá deve ter um design bacana e não precisa ser tão confortável já que, normalmente, as pessoas precisam estar numa postura mais ereta que promova o diálogo. Já em um home theater, é exatamente o contrário. Os usuários dos espaços precisam se sentir confortáveis ao máximo”, afirma a arquiteta Isabela Canaan.
Normalmente, as cores neutras são mais recomendadas, por serem mais fáceis de combinar com a decoração geral, mas a escolha vai do gosto de cada um. “É possível trabalhar com cores como azul e verde. Mas para isso é importantíssimo estudar as demais cores que serão empregadas no espaço”, explica Flávia Gamallo, da Coga arquitetura.

Fotos Jomar Bragança/Divulgação
Fotos Jomar Bragança/Divulgação

Segundo ela, os modelos tradicionais nunca saem de moda, mas, para os mais ousados, sempre há algo novo no mercado. “Os sofás com design arredondado estão se tornando uma grande tendência. Normalmente, têm pés mais finos, o que deixa o ambiente mais leve. O design redondo remete à década de 50 e é um móvel mais sensual e ousado. Quando se quer transmitir luxo, os tecidos de sofá capitonados são uma ótima opção e estão super em alta sendo aplicados em couro ou veludo. Já se a intenção é fazer uma decoração mais descontraída, o futon, com tecido de algodão, é interessante”, frisa Flávia.

De acordo com a decoradora da Lider Interiores, Fabíola Constantino, também há novidades vindas da terra do sol nascente. “Os designers orientais estão introduzindo formas mais geométricas, inspiradas nos origamis (arte tradicional japonesa de dobraduras). Outras marcas já apostam em linhas enxutas, menos sinuosas e que evidenciam os materiais, como veludo e linho”, frisa.

Décor

Fotos Jomar Bragança/Divulgação
Fotos Jomar Bragança/Divulgação

A decoração do ambiente pode valorizar muito o sofá. “Atualmente, tem se usado muitas almofadas. Além do assento e do encosto, as almofadas decorativas grandes (60 x 60) dão mais conforto. O sofá cheio delas transmite muito aconchego”, afirma Isabela.

Segundo a profissional, as mantas também podem ser usadas para dar mais cor e vida para o móvel. “Escolha aquele tom de manta que esteja em sintonia com as outras cores usadas no espaço”, diz. Para os sofás sem chaise, a dica é usar puffs para decorar e para descansar os pés. As bandejas esteiras são aliadas para apoiar copos, petiscos e ajudar a manter esse móvel mais limpo. “As bandejas de madeira têm o toque e a cor mais suave e são uma ótima opção”, conclui Isabela.

Como aproveitar ao máximo seu móvel

  • Tire as medidas exatas do local. Deixe pelo menos 70 centímetros de espaço de circulação;
  • O sofá deve ficar posicionado de frente para quem chega na casa, dando sensação de receptividade;
  • Em casas compactas, pode-se adquirir um sofá-cama para ser usado na sala, no quarto ou no escritório. É uma boa saída para acomodar visitas;
  • Puffs são uma ótima companhia para o sofá, podendo servir como apoio para os pés, mesa de centro e até mesmo assento, quando você recebe muitas pessoas em casa;
  • A cor do sofá determina a do tapete. Se for escuro, aposte em uma peça mais clara para o chão.
Fotos Jomar Bragança/Divulgação
Fotos Jomar Bragança/Divulgação

Fonte: (Renata Abritta / Jornal O Tempo / 05/06/2016)