Divulgação

O que define a cor de uma cerveja? Cerveja escura é mais “forte”?

Na hora de escolher uma boa cerveja artesanal você vai encontrar vários estilos, sabores e cores diversas, das claras às pretas. Mas você já parou pra pensar o que faz um rótulo ter uma cor ou outra? É o malte, um dos principais ingredientes da cerveja. Ele vai gerar o açúcar durante o processo de produção da cerveja. E, por sua vez, o açúcar vai gerar o álcool.

“A cor da cerveja está diretamente ligada ao tipo de malte que você utiliza, então se você utiliza um malte mais escuro ele vai transferir essa cor para a cerveja. A combinação dos maltes vai dar a tonalidade da bebida”, explica José Bento Vargas, sócio-responsável pelo Lamas Brew Shop, cervejeiro da Dunk Bier e sócio da Confraria do Malte, que faz parte do Centro Cervejeiro, localizado no Lourdes, em Belo Horizonte.

Mas afinal o que é o malte?

O malte é resultado da germinação de um grão. O mais comum é o grão da cevada, mas também existe o malte de trigo e o de centeio, entre outros. A maior parte do malte utilizado no Brasil é importado. O país possui algumas maltarias que oferecem o malte Pilsen que é o mais básico. Mas segundo o Bento, a maior parte da cevada também precisa ser importada para cobrir a produção de cerveja nacional.

“O Brasil não tem uma produção de cevada tão grande. Dos maltes especiais utilizados, quase 100% são importados”, afirma Bento.

Cerveja escura é mais forte?

Muita gente pensa que a cerveja mais escura é mais forte, mas isso não é verdade. A cor da cerveja não influencia no teor alcóolico. “A Double Ipa, principalmente, é uma cerveja que pode ser clara e muito alcóolica. Já a Stout é uma cerveja bem escura, negra, que é levinha, tem 4 ou 4,5% de álcool. Então, as cervejas escuras podem ser um pouco mais densas, mas isso não significa necessariamente que elas sejam mais fortes”, destaca.

O Cerveja é Cultura vai ao ar às terças e quintas feiras às 12h30 e às 21h da noite na Rádio Super Notícia 91,7 FM. Nossa missão é divulgar a cultura cervejeira para um público leigo e cada vez mais diversificado.

Siga nossas redes sociais facebook.com/cervejaecultura917 e @renataabritta.cervejaecultura envie sua sugestão para o cervejaecultura@supernoticiafm.com.br. Acompanhe o post completo também no Portal O TEMPO.

Confira abaixo alguns tipos de malte: